sábado, 26 de novembro de 2011

ALTO DAS POMBAS COMEMORA A CONSCIÊNCIA NEGRA


“CÁ DO ALTO DAS POMBAS CONTO VEM
PRA MOSTRAR QUE TODA CHAGA SE CORTA
MAROTAGEM, MOLEQUE TEM RESPOSTA
TÁ NA HORA DE OUVIR CÃO, PAU E PORTA
RESPEITO
VENHA PARTICIPAR NÃO SE CONTESTA
NOSSA COMUNIDADE TEM DIREITO
 DE MOSTRAR QUE É DE ARTE NOSSA FESTA”
(Canção feita por Toni Edson para apresentação de contos africanos no Alto das Pombas)

Gente amada,
Ontem no Alto das Pombas a Escola Nossa Sra de Fátima promoveu na praça da comunidade apresentações do Projeto Nossos Passos vem da África, muitas professoras e professores realizaram apresentações artísticas com suas turmas. A população compareceu e atenta observou a tudo.

O 5 ano C da Professora Ritinha teatralizou três contos de origem africana, pois ao longo de dois meses compareci a escola voluntariamente cerca de duas horas semanais e desenvolvi alguns jogos teatrais para que eles pudessem ter contato com a arte teatral e alguns exercícios de contação de histórias, nas últimas duas semana o grupo começou a encenar os contos africanos que foram lidos em aula e o resultado ontem foi o melhor possível, realmente emocionante!
 Não sou a favor do trabalho voluntario, acredito que é o governo quem precisa promover, fomentar a cultura em todas as comunidades, sou uma profissional, estudei, pago aluguel e preciso me sustentar. Entretanto, na situação de semi-desemprego que me encontrava e com um relativo tempo ocioso, diante do convite de Ritinha, resolvi abraçar a ideia por ver na professora o desejo de oferecer aos alunos uma educação além do quadro e caneta. Ainda existem pessoas que acreditam no poder de educação e o papel transformador da arte.

E assim, ontem 14 jovens do ALTO DAS POMBAS, comunidade que carrega e fama de violência e que neste mesmo ano foi pacificada pelo governo levou a rua a beleza da cultura africana, teve a lavagem da igreja, apresentação de semba, capoeira de saia, teatro e coral do EJA.








Posso dizer apenas que estou feliz e satisfeita, pois consegui fazer longe de minha casa algo pela comunidade da qual faço parte e que sempre desejei fazer lá em Porto Alegre no Campo da Tuca, mas faltou oportunidade. Tudo isso mostra que nossos passos não são em vão. Vi ontem jovens que andavam de cabeça baixa, com vergonha de expressar, vergonha de sorrir, cheio de poder e orgulho!

Ah, os meninos apresentaram os seguintes contos: "Abdu, o cego e crocodilo", "Os segredos de nossa casa" e "Omolu e a dança só"
Estou feliz, feliz!

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

XX DE NOVEMBRO EM SALVADOR

GENTE:
ONTEM NA COMPANHIA DA AMIGA SOTEROPOLITANA CRISTIANE CONCEIÇÃO


PARTICIPEI DA MARCHA "TAMBORES DA LIBERDADE" A CAMINHADA SAIU DO CURUZU E FOI ATÉ O PELOURINHO, REALMENTE MUITO LINDO, ENERGIA, ALEGRIA, DISCURSO DOS MILITANTES DO MOVIMENTO NEGRO, O POVO PRESENTE.SABEMOS QUE NAS CONFERÊNCIAS NEGRAS NÃO SE VÊ ESSE CONTINGENTE DE PESSOAS, PORQUE MUITOS AINDA ACHAM QUE QUESTÕES POLÍTICAS SÃO SÓ PARA ALGUNS.

O ENGRAÇADO(TRISTE) DA CAMINHADA FOI A REPÓRTER DE UMA REDE DE TV FILIADA A GLOBO, PROCURANDO NO MEIO DA MULTIDÃO BRANCOS PARA DAREM DEPOIMENTO SOBRE A CONSCIÊNCIA NEGRA, PORQUE AINDA TEM UMA VISÃO QUE VEM DA CASA GRANDE A RESPOSTA DA SENZALA, VIVEM EM QUE SÉCULO? ERA UM MAR DE NEGROS E ELA NA SUA "INGENUIDADE" PROCURAVA TURISTAS QUE DEVERIAM OBRIGATORIAMENTE SER BRANCOS PARA DIZER QUAL A IMPORTÂNCIA DESSE DIA? DEPOIS DE ENTREVISTAR SUA TURISTA BRANCA, PORQUE NEGRO ELES GOSTAM DE FILMAR SORRINDO E SAMBANDO.


EM MEIO A PROTESTO DE ALGUNS ELA VEIO NA MINHA DIREÇÃO E PERGUNTA: DE ONDE VOCÊ? EU RESPONDO: DO RIO GRANDE DO SUL. ELA... ENTÃO TÁ: QUAL A IMPORTÂNCIA DESSE DIA? RESPONDI MUITAS COISAS O BARULHO ERA GRANDE, O CÂMERA NÃO TAVA QUERENDO ME FILMAR, AFINAL DE CONTAS O POVO ESTAVA CRITICANDO O TRABALHO DELES. LEMBRO QUE FINALIZEI QUE ERA IMPORTANTE AQUELE MOMENTO PARA CELEBRAR, MAIS DO QUE ISSO TOMAR AS RUAS E DIZER QUE O NEGRO EXISTE E ESTÁ CANSADO DE SER INVISIBILIZADO, QUEREMOS VER NEGROS NOS TEATROS, NAS TV'S, NOS GRANDES CARGOS, E QUE TEM NEGRO EM TODO CANTO DO PAÍS, PORTO ALEGRE, FLORIPA, CURITIBA...

AINDA ESTOU CANSADA DA CAMINHADA, MAS DISPOSTA A LUTAR, AGORA PRECISO TRABALHAR, POIS VEM AÍ "MADRUGADA ME PROTEJA" SOB MINHA DIREÇÃO. TEXTO NEGRO ( DE CUTI), ATOR NEGRO ( THIAGO RIGAUD), DIREÇÃO NEGRA (JOSIANE ACOSTA) E COM PRODUÇÃO NEGRA( DAIANE SILVA E FABRICIA BRITO).

BOA SEMANA A TODOS E TODAS!

sábado, 19 de novembro de 2011

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

O DIA 14- SALVADOR A CIDADE MAIS NEGRA FORA DA ÁFRICA

Aqui tudo sobre o negro, assim como em minha terra natal, só acontece, tem vez e voz no mês de novembro. Entrar em um Shopping center ou ligar a Tv me faz pensar que estou no Rio Grande do Sul. Ontem foi divulgada uma pesquisa onde consta que o negro soteropolitano ganha três vezes menos que o branco. Por quê será????
Aqui existe um grupo de Teatro chamado Bando de Teatro Olodum que faz um teatro negro com qualidade poética e estética, e consegue manter-se em cartaz quase o ano todo. Mas a cena profissional soteropolitana é branca. Agora o pelourinho é só festa em função da semana da consciência negra, shows e peças com entrada franca, quase tudo ao mesmo tempo, ainda não sei porque, quer dizer sei sim!
Aqui nesta mesma cidade acabei de assistir um belíssimo espetáculo, dirigido por Angelo Flavio "O DIA 14" onde o público é convidado a perceber de que forma a pólitica brasileira nos deixou de herança a margem. Traz a cena a personagem negra sem esteriotipos, não traz o riso crítico, mas um sorriso sensível em uma bela cena. Faz lembrar de nosso passado e refletir sobre presente e qual espaço desejamos no futuro que chegará sim a cada amanhecer...
Atores negros, forte presença cênica, voz e corpo muito bem colocados, iluminação envolvente, cenário essencial. Arte, arte crítica, arte boa, arte que deve ser vista. Alguem em Porto Alegre indica a Luciano Alabarse!
Assista "O dia 14" , ASSISTAM "O DIA 14"!

terça-feira, 15 de novembro de 2011

HISTÓRIAS DE ÁFRICAS- dia 21 de novembro

Gente, foi realmente muito linda a apresentação ontem na Escola de Teatro da Ufba. Sabe quando tu vê um adulto dizendo, ahhh... igual criança quando termina algo que gosta? Foi assim nossa apresentação ontem, realmente muito linda e sensível.



Dia 21 de novembro vamos contar:


"Quem perde o corpo é a língua" e  " O demônio que engolia vida"- ambas recontadas por Júlio Emilio Braz

Que a arte de contar histórias continuem encantado crianças, jovens e adultos!

"As histórias que contamos
vem de África orais
semana que vem temos outras
outros começos, surpresas, finais"

Grande abraço a todos e aos meus companheiros do Grupo IWÁ: Fabricia Brito e Toni Edson.

domingo, 13 de novembro de 2011

HISTÓRIAS DE ÁFRICAS

Gente amada, meu blog tem andando meio abandonado... é que tem sido difícil com a rotina de trabalho dedicar um tempo a deixar boas palavras e informação por aqui. O tempo voa mesmo já estou em Salvador há dez meses e nesse tempo sempre teatrando e buscando um espaço para atuar e ser feliz.

Semana passada  EU e Fabricia Brito, minha companheira de casa e de grupo, apresentamos o nosso espetáculo de contos africanos chamado HISTÓRIAS DE ÁFRICAS no projeto ATO DE 4, realizado na Escola de Teatro da UFBA, toda a segunda-feira do mês DE NOVEMBRO, sempre às 19 horas e com entrada franca!

Amanhã, 14 de novembro, vamos contar as seguintes histórias:

 A VIÚVA VELHA- JÚLIO EMÍLIO BRAZ
OKIPIJA- SUNNY

Quem puder vem ver e ouvir HISTÓRIAS DE ÁFRICAS!
Um espetáculo do Grupo Iwá e com Direção de Toni Edson

"ASSIM COMO VAI A VIDA 
VAI A ARTE
E COMO VAI A VIDA?
VAI INDO"
(Oliveira Silveira)